Setor Pedagógico Especializado - Sala de Recursos para Deficiente Visual - SRDV

Breve histórico da Sala de Recursos para Deficiente Visual

Este serviço teve início com o Programa Municipal de Atendimento aos Portadores de Deficiência Visual, lançado pela Secretaria Municipal de Mogi das Cruzes em 28 de abril de 2004 e desde então atende pessoas com deficiência visual, preferencialmente alunos da Rede Municipal de Educação, orientando a família, professores, comunidade escolar e sociedade em geral, quando necessário.

Reportagem do Jornal Diário de Mogi de 29/04/2004

O Programa citado anteriormente foi o embrião para a criação do Centro de Atendimento ao Portador de Necessidades Educacionais Especiais “Ricardo Strazzi” – Pró-escolar.

O que é SRDV

O Atendimento Educacional Especializado – AEE Deficiência Visual é um serviço da Educação Especial, de caráter complementar ou suplementar à formação dos alunos no ensino regular, voltado para a formação dos alunos com deficiência visual considerando as suas necessidades específicas de forma a promover acesso, participação e interação nas atividades escolares.

Ele perpassa todos os níveis, etapas e modalidades de ensino, sem substituí-los, garantindo o direito de todas as crianças e jovens a educação escolar comum.

O AEE é realizado no turno inverso ao da sala de aula comum.

É essencial ressaltar a importância desta Sala como recurso para os educandos e não como uma sala de reforço escolar.

pro-escolar_014

SRDV/Pró-escolar - Canto dos equipamentos

pro-escolar_015

SRDV/Pró-escolar - Canto dos pequeninos

pro-escolar_016

SRDV/Pró-escolar – Canto Pedagógico


Como funciona a Sala de Recursos para Deficiente Visual

O horário de trabalho do profissional responsável pela SRDV é flexível e organizado em função do programa para atender alunos e professores dos períodos diurno e noturno (caso EJA).

O atendimento será agendado com dia e hora pré-estabelecidos para que o aluno possa freqüentar a classe comum no horário inverso ao atendimento da Sala de Recursos, não trazendo nenhum prejuízo para sua escolaridade.

Como os alunos chegam a Sala de Recursos para Deficiente Visual

pro-escolar_017

Fases do trabalho ao receber o aluno


 1. Coleta de dados sobre o caso:


1.a) Anamnese com o responsável (quando aluno menor de 18 anos)


pro-escolar_018

Anamnese com a mãe da aluna

1.b) Anamnese com o próprio aluno DV (quando aluno maior de 18 anos)

pro-escolar_019

Anamnese com o próprio aluno

1.c) Coleta de dados com a comunidade escolar (Professor, Diretor, Coordenador, Funcionários e coleguinhas)

pro-escolar_020
pro-escolar_021

Classes com inclusão de aluno Deficiente Visual da Rede Municipal de Mogi das Cruzes

2. Encaminhamentos, quando necessário:

pro-escolar_022

 

 3. Avaliação Diagnóstica


3. a) Avaliação Funcional da visão (quando aluno com Baixa Visão)

pro-escolar_023
pro-escolar_024
pro-escolar_025
pro-escolar_026

3.b) Equipe Multiprofissional de Avaliação com aluno DV

pro-escolar_027

Avaliação com fonoaudióloga

pro-escolar_028

Avaliação com Psicopedagoga

pro-escolar_029

Avaliação com Psicóloga

pro-escolar_030

Psicóloga realizando anamnese com mãe

Mediante as informações coletadas por meio da 1ª fase do trabalho se inicia a fase de Formulação do Plano de Trabalho específico para cada aluno.

 

4. Atividades específicas da SRDV

Após a coleta de dados de cada caso, será feito um plano de trabalho, tais como:

4.1. Favorecer experiências sensoriais e perceptivas (auditiva, olfativa, gustativa, táteis e cinestésica):


pro-escolar_031
pro-escolar_032

4.2. Trabalhar com atividades da vida cotidiana:


pro-escolar_034
pro-escolar_035

Aluna realizando atividades da vida autônoma e social no Espaço de Vivência

pro-escolar_036
pro-escolar_035

Alunos realizando atividades da vida cotidiana


4.3. Ensinar técnicas básicas de Orientação e Mobilidade e locomoção independente no ambiente escolar:


pro-escolar_038
pro-escolar_039
pro-escolar_040

Fase Pré-bengala

pro-escolar_041

Fase Bengala Longa

4.4. Ensinar leitura e escrita braille:


pro-escolar_034
pro-escolar_035

Realização da leitura braille

pro-escolar_034
pro-escolar_035

pro-escolar_046

Alunos realizando atividade de braille com reglete e punção

4.5. Oferecer o ensino de datilografia braille:


Aluna realizando atividade de braille com máquina

4.6. Favorecer situações que trabalhe o ajustamento pessoal e social:


pro-escolar_048

Participação de aluna da SRDV no Projeto da Escola Mirim de Trânsito

pro-escolar_049
pro-escolar_050

pro-escolar_051

Aluno vivenciando o cão guia de cego e concedendo entrevista para Telejornal

pro-escolar_052
pro-escolar_053
pro-escolar_054
pro-escolar_055

Evento para família e aluno em Comemoração a entrada da Primavera” IKEBANA - Pró-escolar”


4.7. Trabalhar com equipamentos e programas específicos de informática (sintetizadores de voz e ampliadores de tela):

pro-escolar_034
pro-escolar_035

Aluna utilizando computador com sintetizador de voz

4.8. Ensino das técnicas de Soroban:


pro-escolar_058

Aluno realizando treino de soroban

4.9.        Treinamento de visão residual:

pro-escolar_034

Aluna utilizando régua lupa para leitura

pro-escolar_035

Aluna utilizando telelupa


Aluna utilizando Lupa Eletrônica

4.10. Visitas nas Escolas Municipais para realização de orientação específica ao professor do ensino regular que tenha em sua sala de aula um aluno DV com diagnóstico fechado:


pro-escolar_062

Profissional SRDV em visita de orientação com professora de aluno DV


pro-escolar_063

Equipe Multiprofissional do Pró-escolar em reunião de orientação à professora e diretora de Escola Municipal que possui aluno Deficiente Visual

4.11.Reuniões com responsáveis pelos alunos da SRDV para orientações:

pro-escolar_034
pro-escolar_035

Reunião Profª SRDV com pais dos alunos

pro-escolar_066

Equipe Técnica em reunião de orientação à mãe (Profª SRDV, Fono e Fisio)

4.12.      Transcrição de material braille/tinta/braille;

4.13.      Adaptação de materiais em relevo;

4.14.      Ampliações de textos e provas;

4.15.      Gravação e escaneamento de materiais em fitas K7, disquetes e CD´s;

 

5. Quais são e para que servem os materiais da sala de recursos?

5.1. Computador com softwares específicos (sintetizadores de voz): Virtual Vision, Dosvox e Jaws: estes softwares servem para orientar o DV na utilização do micro, "falando" tudo o que está sendo executado e mostrado no monitor.


pro-escolar_067

Equipamentos de informática da SRDV

5.2. Impressora Braille: é uma impressora capaz de imprimir em caracteres do código Braille (pontos em relevo) a partir de um documento existente no micro computador.


pro-escolar_068

Impressora Braille da SRDV

5.3. Lupa Eletrônica: auxilia a leitura de textos de caracteres em tamanho básico e imagens, ampliando em até 40 vezes (depende do tamanho da tv) e também no sistema negativo.


pro-escolar_069
pro-escolar_070

Lupa eletrônica da SRDV

5.4. Máquina de escrever em braille e reglete/punção: materiais específicos para escrita do código Braille.


pro-escolar_071
pro-escolar_072

Máquina de datilografia braille e regletes com punções da SRDV

5.5. Soroban: material de recurso matemático.


pro-escolar_073

Soroban da SRDV

5.6. Recursos ópticos: lupas manuais (utilização mediante de prescrição médica).

pro-escolar_074

Lupas de mão da SRDV

5.7. Recursos não-ópticos: lápis 6B, canetas ponta porosa preta, caderno de pauta ampliada etc.

pro-escolar_075

Prancha de apoio

pro-escolar_076

Prancha de apoio

pro-escolar_077

Guia de Leitura

pro-escolar_078

Acetato amarelo

5.8. Materiais pedagógicos específicos: mapas táteis, big Braille, braillito, desenhador, livros em Braille e falados (em CD) etc.


pro-escolar_079

Big Braille e Braillito

pro-escolar_080

Desenhadores

5.9. Materiais pedagógicos comuns: para trabalhar conceitos básicos.


pro-escolar_081

Materiais pedagógicos diversos

5.10. Bengalas: bengalas específicas para DV, utilizadas no treinamento de técnicas de Orientação e Mobilidade.


pro-escolar_082

Pré-bengalas

pro-escolar_083

Bengalas diversas

5.11. Sistema de som completo para reprodução e gravação de material em Cd e K7

pro-escolar_084

Sistema de som SRDV